quinta-feira, 10 de março de 2011

BANHO: FRIO OU QUENTE?

Muitas pessoas seguem a lógica da inversão: tomar banhos quentes em dias frios e banhos frios em dias quentes. Outras simplesmente não toleram água gelada. Qualquer que seja a temperatura do banho, o importante é saber as consequências de cada um no organismo, a fim de tirar um maior proveito desse hábito tão necessário.

Banho Quente

Nada melhor para se livrar do estresse de um longo dia de trabalho do que um banho quente. Também recomenda-se tomar um banho quente até duas horas antes de dormir, mas nunca deve-se ficar mais que quinze minutos nesse tipo de banho pois pode ser prejudicial à saúde.
É bom evitar tomá-lo após as refeições porque o estímulo do banho na pele pode atrapalhar a digestão, processo o qual exige uma alta concentração de sangue no estômago. E tem mais: a alta temperatura pode provocar tontura e queda de pressão.
Benefícios:
*alívio em dores musculares e dores de cabeça graças à dilatação dos vasos sanguíneos e o aumento da circulação;
*ameniza cólicas menstruais;
*combate gripes e resfriados pois provoca uma grande variação na temperatura corporal, a qual é mortal para esse tipo de vírus.
Malefícios:
*prejudica a camada manto-lipídica da pele, responsável pela textura macia e proteção contra agentes invasores;
*estimula a dilatação dos poros, correndo-se assim um maior risco de contaminação da pele por bactérias/fungos e pode provocar coceiras.



Banho Frio

Um banho difícil de ser tomado pois é desconfortável e não muito agradável, ainda mais em dias de tempo frio. Porém, tem que ser considerado como opção mesmo em dias frios pois oferece muitos benefícios como por exemplo:
*reduz a pressão sanguínea sobre os órgãos internos;
*contrai os músculos eliminando toxinas e resíduos;
*fortalece as membranas mucosas que ajudam a resistir à febres, alergias, resfriados, gripes;
*estimula a liberação de noradrenalina, um composto químico que provoca bem-estar, combatendo assim a depressão;
*ajuda na manutenção da pele e dos cabelos, tornando-os mais saudáveis;
*um banho frio tomado pela manhã funciona como um despertador para o corpo, energizando-o, e também estimula o cérebro.
Citarei agora um método, criado por Nuno Cobra, conhecido como "Banho frio em três fases" que serve para se tomar um banho frio facilmente:
Primeira fase:
Abra a ducha ao máximo. É claro que o choque inicial com a água fria não é nada agradável, por isso é necessário entrar de uma só vez embaixo do chuveiro. Isso deve ser feito repentinamente e com decisão.

Você vai perceber que o choque inicial é rápido e que o organismo 'responde' de forma decidida a essa entrada. Você joga a água no peito, indo para o ombro esquerdo e direito; perceberá num segundo momento, que ela não estará tão fria; vire-se então para a água atingir suas costas e o quadril; saia rapidamente e desligue o chuveiro.

Segunda fase:

Ensaboe vagarosamente todo o seu corpo. Após essa tarefa, faça uma massagem com uma bucha nas costas, braços, peito e abdome. Em seguida, abra o chuveiro e se lance embaixo dele decididamente e fique somente o tempo necessário para retirar o sabão.

Você irá perceber que a água estará mais agradável.

Terceira fase:

Sem desligar o chuveiro, saia dele e faça mais umas duas ou três entradas na água. Você verá que a água estará apenas estimulante e não mais tão fria.



Irá perceber enquanto esfrega a toalha vigorosamente nas costas, braços e tórax uma sensação muito boa e não sentirá mais frio. Ao contrário, o ambiente frio antes do banho estará extremamente agradável e até aquecido.

Ambos os banhos possuem seus pros e cons, cabe a você decidir qual adequa-se melhor à sua realidade. No meu caso, vou de frio.

Farewell,
Mário Seixas

Nenhum comentário: