domingo, 29 de maio de 2011

A TRISTE REALIDADE DOS ANIMAIS DE CIRCO



Quem vai ao circo que tem animais em suas exibições, quase nunca percebe a realidade por trás do espetáculo. O sofrimento que estes animais passam ao longo de suas vidas dentro do circo chega ser superior ao de um animal abandonado. Por trás de um urso batendo palmas, um macaco vestido pedalando uma bicicleta ou um elefante se equilibrando em uma pata só, se esconde toda uma série de torturas abomináveis que transformas estes animais em meros fantoches de seus “domadores”, que travestem suas covardias para com estes animais em “bravuras” ao enfiar a cabeça dentro da boca ou obrigá-lo a se ajoelhar defronte a platéia.

Tendo em face este assunto, eu fiz uma pesquisa em diversos sites especializados em defesa dos animais e outros especialmente elaborados para ser uma fonte de denúncia dos maus tratos praticados pelos circo Brasil afora, e apresento aqui um pequeno resumo do que realmente acontece com fotos destes animais.

O tratamento que os animais recebem
Antes de chegarem no Circo, passam por meses de tortura, que começa na captura em seu habitat natural, sendo laçados, arrastados e muitas vezes até alvejados para caírem feridos. São transportados (traficados) em jaulas pequenas e apertadas.
Já no circo tem inicio o processo de domesticação do animal, onde estes levam surras diárias, ficam sobre seus próprios excrementos, são privados de alimentação e água, tudo isso até que seu “espírito seja quebrado” e passem a obedecer.

Os elefantes sofrem de problemas nas patas por falta de exercício, pois na natureza elefantes andam dezenas de quilômetros diariamente.
No circo os elefantes permanecem acorrentados o tempo inteiro, e os outros animais ficam enjaulados em condições extremas de maus tratos.
O comportamento dos animais que ficam a mexer constantemente a cabeça ou andando próximo às grades num frenético vai e vem, é uma das características de neurose e stress do cativeiro. Esse comportamento também encontrado em animais no zoológicos.

Os “treinamentos” consistem em serem dominados pelo fogo e pelo chicote, golpeados com barras de ferro e queimados na testa. Isso é praticado dezenas de vezes para nunca mais esquecerem da dor, e tomarem medo do carrasco treinador.
Muitos têm suas garras arrancadas e as presas extraídas ou serradas.
Os ursos têm o nariz quebrado durante o treinamento. Sua patas dianteiras são queimadas, para forçá-los a ficar sobre duas patas.
Os ursos são obrigados a pisar em chapas de metal incandescente ao som de uma determinada música. No picadeiro, os ursos ouvem a mesma música usada durante “o treinamento” e começam a se movimentar com medo, dando a impressão de estarem dançando.

Muitos têm as garras e presas arrancadas. Já foi constatado um urso com 1/3 de sua língua cortada.
Ursos cativos apresentam comportamento atípico, como andar de um lado para o outro.
Alguns ursos se auto mutilam, batendo com a cabeça nas grades da jaula e mordendo as próprias patas.
Os dentes são retirados para que os animais possam ser fotografados junto às crianças.
Ficam confinados sem as mínimas condições de higiene, sujeito à diversas doenças.
São obrigados a suportar mudanças climáticas bruscas, viajar milhares de quilômetros sem descanso
Não têm férias nem assistência veterinária adequada.

O que estes animais tem, é apenas o terror constante, pois aprendem desde cedo que se não obedecerem, serão castigados violentamente. Em um ambiente natural, uma zebra, elefante, foca, cachorros, leão, urso, chimpanzé, etc nunca pulariam sobre aros, dançariam em cima de cones, pedalariam bicicletas. Enfim, nunca, de maneira alguma fariam algo para nos entreter.

O que se faz no circo, é retirar a dignidade que estes animais tem, dando lhes um comportamento semi humano, ao vestirem-lhe roupas ridículas, fazerem andar sobre duas patas, pedalarem bicicletas e outras atitudes anti naturais, tudo isso com a única finalidade de atender nossos anseios mesquinhos. Tais espetáculos até seriam razoáveis na idade média, mas estando em pleno século XXI é inimaginável e inaceitável que isso ainda ocorra.

o congresso nacional está tramitando o Projeto de Lei 7291 de 2006, que proíbe o uso de animais em circos em todo território brasileiro. Atualmente sua tramitação está parada , pois como sempre nossos nobres deputados jogam contra os interesses da sociedade, e cancelaram a audiência públicado PL que iria ocorrer no início de novembro.

No site da WSPA Brasil, uma entidade que luta pelo bem estar dos animais, há algumas justificativas bem pertinentes para a proibição da utilização de animais em circos:

Motivos para a proibição de amimais em circos
Animais em circo sofrem uma vida inteira de maus tratos. Estes não incluem apenas as formas desumanas de treinamento (em sua maioria com o uso de choques, chicotes ou bastões pontiagudos), mas também os espetáculos em si, onde os animais, por sofrerem agressões para um suposto aprendizado, se comportam como nunca se comportariam na natureza, apenas por um capricho do ser humano. Além disso, passam suas vidas em espaços muito pequenos e em constante transporte, circunstâncias que causam alto grau de estresse aos animais. E, para piorar a situação, muitas vezes não têm à disposição alimento de qualidade ou em quantidade suficiente.

Animais em circo expõem as pessoas a muitos riscos. Não é possível prever como um animal estressado irá reagir em uma determinada situação. Além disso, muitas vezes permanecem em instalações inadequadas e frágeis, expondo os funcionários do circo e a população em geral. Vários acidentes já foram documentados inúmeras vezes pela mídia, como o caso do menino de seis anos que, no ano de 2000, em Pernambuco, foi devorado por leões que não comiam há vários dias e estavam em local inseguro.
Animais em circo podem transmitir doenças aos seres humanos, visto que não existe vacinação eficiente para os animais selvagens.
Animais em circo estimulam o tráfico de animais selvagens ao redor do mundo, prática reconhecidamente cruel e criminosa.

O que você pode fazer?
Se você quer contribuir para acabar com a utilização de animais em circo no Brasil, a primeira coisa que você pode fazer é boicotar os circos que têm animais em suas atrações, e também falar com outras pessoas para boicotarem estes circos.

Você pode escrever também para os deputados da Comissão de Educação e Cultura que adiaram a audiência pública, atrasando assim a lei que poderia proibir o uso de animais em circos no Brasil.

Segue lista dos deputados da comissão:

dep.joaomatos@camara.gov.br dep.alexcanziani@camara.gov.br
dep.angelovanhoni@camara.gov.br dep.antoniocarlosbiffi@camara.gov.br
dep.carlosabicalil@camara.gov.br dep.fatimabezerra@camara.gov.br
dep.frankaguiar@camara.gov.br dep.gastaovieira@camara.gov.br
nbarbosa@camara.gov.br dep.joaquimbeltrao@camara.gov.br
dep.lelocoimbra@camara.gov.br dep.mariadorosario@camara.gov.br
dep.neiltonmulim@camara.gov.br dep.osvaldoreis@camara.gov.br
dep.professorsetimo@camara.gov.br dep.raulhenry@camara.gov.br
dep.reginaldolopes@camara.gov.br dep.waldirmaranhao@camara.gov.br
dep.clovisfecury@camara.gov.br dep.joseanibal@camara.gov.br
dep.liramaia@camara.gov.br dep.lobbeneto@camara.gov.br;
dep.nicelobao@camara.gov.br dep.nilmarruiz@camara.gov.br;
dep.pintoitamaraty@camara.gov.br dep.professoraraquelteixeira@camara.gov.br
dep.aliceportugal@camara.gov.br dep.atilalira@camara.gov.br;
dep.rogeriomarinho@camara.gov.br dep.severianoalves@camara.gov.br;
dep.walterbritoneto@camara.gov.br dep.ivanvalente@camara.gov.br.
Você pode também escrever para programas de TV que levam animais para fazerem apresentações, para mostrar sua indignação com o fato.

Você também pode assinar a PETIÇÃO ONLINE, que está arrecadando assinaturas pedindo que o projeto de lei se aprovado o mais rápido possível.

Qualquer iniciativa é válida para podermos acabar com essa barbaridade que ainda acontece nos circos pelo Brasil afora, e dar dignidade a estes animais que são maltratados por anos, e evitar que novos animais sejam inseridos nessa cadeia perversa.



“O Circo ensina a criança a rir da dignidade perdida dos animais. Nesse caso a humanização dos bichos reflete claramente a falta de humanidade das pessoas, projetada em um macaco de vestido, camuflada sobre o riso”
Para saber mais, consulte minhas fontes de pesquisas que foram os sites relacionados abaixo:

Publicado em IndignaçãoMeio Ambiente

Nenhum comentário: