terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Artista transforma outdoors em jardins de bambu


Urban Air é um manifesto por um mundo mais verde.Projeto vai começar por Los Angeles e deve chegar a outras grandes cidades do mundo



Quem mora em São Paulo já se acostumou a viver sem, mas a grande maioria da população mundial ainda é obrigada a conviver com eles. Não é preciso ser nenhum anarquista pra perceber que os outdoors só prestam serviços àquela determinada marca e mais ninguém. A paisagem da cidade fica retalhada por sorrisos, bíceps, carros brilhantes e cifrões e nada de muito útil é tirado disso. Mas um artista de Los Angeles está disposto a virar esse jogo: ele quer transformar os outdoors do mundo em jardins suspensos.
A ideia é aproveitar a estrutura física dos imensos cartazes de publicidade e plantar diversos pés de bambu ali. Irrigadores darão conta de hidratar as plantas e ainda haverá um sistema de wi-fi para que o jardim se comunique com o exterior: o clima e a qualidade do ar dentro dele serão monitorados remotamente. O artista se chama Stephen Glass e o projeto/obra de arte/jardim/intervenção leva o nome de Urban Air – Ar Urbano, em português.


Urban Air from Zack Bennett on Vimeo.
Mais do que qualquer uma das definições listadas acima, o Urban Air é um emblema. A ideia é subverter o horizonte urbano, ou, como explica o artista no vídeo de divulgação (acima): “Quando a pessoa estiver esmagada no trânsito, ela vai olhar pra cima e ver um espaço aberto de ar fresco. Isso vai fazer com que ela respire fundo e se sinta como um humano. E essa pessoa vai criar o significado que quiser pro jardim”. Stephen diz que pensou em outdoors depois de ver a situação de uma cidade após um terremoto. Tudo estava destruído. Quem permaneceu inabalavelmente em pé? Pois é.

O projeto foi financiado coletivamente, o que deixa tudo mais legal. Mais de 100 mil dóalres foram arrecadados através do site de crowdfunding Kickstarter. O Urban Air começará por Los Angeles, mas, com a grana angariada, outras metrópoles do mundo devem ter a sorte de ficarem menos cinza.

Via Laughing Squid
Foto: Reprodução

Nenhum comentário: