segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

Mark corre atrás de prejuízo e declara mais mudanças no Feed

Por Gabriel Grunewald-ADNEWS

Há poucos dias (12), Mark Zuckerberg anunciou uma mudança que chamou a atenção na internet. Em comunicado oficial, a rede divulgou que, nos próximos meses, mudaria o ranking do Feed de Notícias dando prioridade para posts de amigos e familiares, e com isso, o alcance de páginas seria (ainda) menor.

Em um cenário onde os posts de sites de notícias têm alcance de apenas 5%, em média, a notícia caiu como uma bomba e diversos veículos se mostraram preocupados com a novidade que força ainda mais que as fanpages anunciem na rede social para que possam ser visualizadas pelo público.

Consciente da gravidade e da má aceitação das declarações, Mark volta atrás e apresenta em postagem no seu perfil pessoal algumas outras atualizações. Na publicação, o CEO do Facebook diz que os usuários também poderão classificar as notícias que leem e personalizar o que chega até eles.


 "Como parte de nossas pesquisas de qualidade em curso, agora, vamos perguntar às pessoas se elas estão familiarizadas com uma fonte de notícias e, em caso afirmativo, se elas confiam nessa fonte", disse o executivo.

Dessa maneira, a rede social ajusta os conteúdos compartilhados em sua comunidade de maneira afinada e faz mais um esforço para frear a popularização das fake News em seu ambiente.

Já liberada nos Estados Unidos, a mudança será disponibilizada em breve para o mundo todo.



Nenhum comentário: